Blog

Conheça detalhes da ortodontia preventiva para crianças

Conheça detalhes da ortodontia preventiva para crianças

Dra. Angela Tiburski da Clínica Orto e Arte, ortodontista e especialista em ortopedia facial em crianças, nos conta que o tratamento ortodôntico em crianças é conhecido como ortodontia preventiva e a idade inicial é bastante relativa, algumas já podem iniciar aos 5 anos, mas em geral, a maioria inicia aos 7 anos. Nessa idade, os dentes estão se desenvolvendo e o maxilar ainda está em crescimento, o que facilita o tratamento, em alguns casos, podem ser resolvidos de maneira simples.
É importante notar que o tratamento precoce não se aplica a todos os problemas ortodônticos; entretanto, pode auxiliar em certos casos. Dois problemas que exigem a intervenção precoce são mordidas cruzadas e sobremordidas. Uma mordida cruzada pode fazer com que o maxilar cresça irregularmente. Já os “dentes salientes” nas sobremordidas podem se fraturar com maior facilidade.

Benefícios
A intervenção precoce aproveita o fato de que o maxilar de uma criança ainda está em crescimento e também pode ser útil quando as arcadas dentais e os maxilares não estão na posição correta. Aparelhos funcionais podem resolver ou melhorar tais problemas.

Cuidados
Uma boa higiene dental é essencial para crianças que utilizam aparelhos ortodônticos. De três a quatro vezes ao dia, peça ao seu filho enxaguar o aparelho com água para retirar resíduos de alimentos e, em seguida, escová-los cuidadosamente. Toda noite, antes de dormir, peça a ele que também passe o fio dental e use o enxaguante bucal com flúor para ajudar a manter seus dentes fortes e saudáveis.
Além disso, uma vez ao dia, você deverá auxiliar seu filho a passar o fio dental, para remover partículas de comida e da placa bacteriana na gengiva e embaixo dela, que pode se transformar em tártaro. Isso também pode ajudar na limpeza de locais difíceis de alcançar com uma escova de dente. O uso de fio dental quando se usa aparelho pode ser difícil, mas você pode utilizar diversas opções para garantir a manutenção da saúde da gengiva. Converse com o ortodontista ou o dentista de seu filho para obter recomendações sobre cuidados bucais.
A cada seis meses, leve seu filho ao dentista para uma limpeza e avaliação. O dentista poderá apontar áreas que necessitam de atenção e ajudar a garantir que os dentes se mantenham saudáveis e limpos ao redor do aparelho. Geralmente, seu dentista ou higienista poderá sugerir ferramentas ou ideias úteis para manter os dentes saudáveis durante a utilização do aparelho.

Compartilhe: