Blog

Fox Eyes

Fox Eyes

Fox Eyes (olhos de raposa) – A nova tendência de beleza

Este procedimento ficou super conhecido em 2019 após a modelo Bella Hadid e Gigi Hadid se tornarem adeptas. A evolução na beleza das modelos americanas chama a atenção para a configuração de seus olhos. Com o passar dos anos elas conquistaram olhares mais sexy, e todos querem saber qual procedimento foi realizado. Elas negam ter realizado qualquer cirurgia ou procedimento estético, mas observando o antes e depois é possível perceber.

 

 

Foxy eyes (olhos de raposa) tem ganhado popularidade entre as celebridades e poucas pessoas conseguem esse formato de olhos apenas com uma boa genética.

O procedimento é a elevação acentuada da cauda da sobrancelha, causando um formato alongado e amendoado ou seja, “puxando” latero-superiormente os olhos. Em termos técnicos: provocamos uma angulação oblíqua do canto lateral dos olhos de modo que fiquem mais altos que o canto medial e para alcançar esse visual alguns procedimentos são usados, um deles é os fios de sustentação.

Na harmonização facial, os fios de sustentação PDO (ou fios de polidioxanona), reposicionam os tecidos, suspendendo-os e trazendo o que conhecemos como efeito lifting. Eles são compostos de ácido polilático, um polímero completamente reabsorvível, biocompatível aos tecidos humanos, biodegradável e resistente. Ou seja, ele é absorvido, não provoca reação alérgica, não é rejeitado pelo organismo e é resistente a grandes tensões. O fio de ácido polilático permanece intacto por até dois anos e depois é absorvido pelo organismo. A aplicação de “fios” de ácido polilático na face propõe efeito lifting natural imediato e restauração progressiva do colágeno perdido.

A colocação dos fios é minimamente invasiva. Ele é inserido através de mínimos orifícios puntiformes de entrada e saída das agulhas sob anestesia local. Os orifícios na pele se fecham imediatamente, sem deixar vestígios. O sangramento é inexpressivo, reduzindo o risco de hematoma (manchas roxas) e de edema (inchaço). Em pacientes com fragilidade capilar poderão ocorrer discretos edemas ou hematomas que desaparecem na primeira semana pós-implantação. Alojados na camada de gordura, os fios são imperceptíveis ao toque e ao olho nu, não causam elevações ou depressões na superfície da face, não se pode identificar quem fez o procedimento.

 

Vantagens dos fios de sustentação de PDO

  • Produz lifting não cirúrgico natural;
  • Estimula produção de colágeno facial;
  • Procedimento simples e rápido, sob uso de anestesia local;
  • Retorno imediato ao trabalho.

 

Quais os cuidados pós-procedimento?

  • O paciente pode retomar suas atividades normais logo após o procedimento, que dura em torno de 30 a 50 minutos. No entanto, é recomendável que durante o período inicial, a atividade muscular facial seja reduzida, evitando massagear ou dormir sobre o local das aplicações. Atividade física pode ser realizada evitando trauma local ou impacto.

 

Mas para alguns tipos de órbita ocular, será necessário a associação de outros procedimentos para se conseguir um resultado mais agradável, como botox e preenchimento de têmporas.

Em todos os casos uma avaliação presencial é sempre necessária e nela, a Dra. Angela Tiburski fotografa o paciente e através de análises, indica qual técnica é a mais indicada, além dos fios. Maioria dos casos precisam de 2 a 3 sessões para uma harmonia perfeita do olhar.

Também há casos que só se consegue o resultado esperado através de blefaroplastia (procedimento que reduz a pele enrugada e descaída das pálpebras superiores e/ou inferiores) e da cantoplastia (cirurgia realizada para elevar a borda lateral após o abaixamento dessa parte da pálpebra devido ao envelhecimento, que dá o aspecto de “olhar caído”).

 

Compartilhe: