Blog

Hidralips - uso de caneta dermapen com ativos para super hidratar os lábios

Hidralips - uso de caneta dermapen com ativos para super hidratar os lábios

Cuidar dos lábios é desafiador, porque além de ser uma área muito sensível, o tempo e fatores externos impactam mais negativamente neles do que em outros pontos do rosto.

A degradação da região labial ocorre por certos motivos, como movimentos repetitivos de expressão ou da alimentação, uso de produtos cosméticos com ativos potencialmente alergênicos, falta de proteção solar e tabagismo.

Sabe aqueles lábios ressecados, cheios de pelinhas que ficam soltando?

O Hidralips é o tratamento de hidratação e regeneração para os lábios desenvolvido para esse tipo de problema.

Lábios ressecados nunca mais!

 

A super hidratação é feita com um protocolo de produtos desenvolvidos exclusivamente para o sucesso desse procedimento, tendo a durabilidade de aproximadamente 3 meses.

É uma técnica indolor e não é um preenchimento.

Esse procedimento pode ser realizado também em pessoas que tem preenchimento labial e pigmentação. Ele vai deixar os lábios mais macios e hidratados.

Nessa técnica, o ácido hialurônico, juntamente com um blend de tratamento é trabalhado através de um dispositivo como uma caneta chamada Dermapen, proporcionando um pequeno volume na região dos lábios. Para obter um resultado satisfatório são necessárias duas a três sessões.

A Dermapen é um dispositivo eletrônico, que se assemelha a uma caneta, em que um jogo de agulhas descartáveis é colocado na extremidade da caneta. A Dermapen faz uma vibração e faz com que as agulhas façam movimentos de “vai e vem”, entrando e saindo do dispositivo. A caneta é posicionada em 90° em relação com a pele e o movimento realizado é de arraste ou pontual, dependendo da profundidade da agulha.

 

Como a Dermapen age:

Como as micro lesões são regulares, o tempo de recuperação da pele é menor. Lembrando que temos três etapas no processo de cicatrização: a fase inflamatória, a fase proliferativa e a fase de remodelamento.

Apesar do microagulhamento com a Dermapen gerar uma lesão controlada, as três fases do processo inflamatório estarão presentes. É importante saber disso para respeitar o intervalo entre cada sessão, que varia de acordo com o objetivo.

Entendendo sobre o processo de cicatrização, também entendemos porque a indução percutânea de colágeno é um ótimo tratamento para o rejuvenescimento, já que, na fase de proliferação, há uma intensa atividade do fibroblasto para um posterior remodelamento da pele através da produção de colágeno, elastina e GAGs (glicosaminoglicanos).

Através dos microfuros, conseguimos fazer a administração de princípios ativos e substâncias para permeação cutânea. Esses microfuros se fecham 12 a 24h após o procedimento. Durante esse período, é muito importante realizar a higiene adequada da pele e evitar a exposição ao sol e a agentes poluentes.
 

Sobre o dispositivo

A Dermapen possui, em sua extremidade, um local para encaixar um jogo de agulhas descartáveis. O jogo pode conter 12 ou 36 agulhas.

A diferença entre elas é que, com 36 agulhas conseguimos atingir uma área maior de perfuração – isso se for utilizado com os mesmos movimentos e o mesmo número de passadas, comparando com 12 agulhas.

Porém, o cartucho de 12 agulhas possui menos resistência, se for levado em conta o cálculo da física que diz que a pressão é igual à força dividido pela área. Com 12 agulhas, a área de contato vai ser menor, então é preciso utilizar menos força porque as agulhas irão perfurar a pele com mais facilidade.

Além disso, a Dermapen conta com cinco velocidades que variam de acordo com a sensibilidade do paciente e do objetivo terapêutico a ser atingido. A Dermapen possui a opção de ser utilizada na tomada ou através da bateria (possui duas).

Outra vantagem da Dermapen é que é possível alterar a profundidade da agulha a qualquer momento durante a aplicação. A caneta varia sua profundidade de 0,25 mm a 2,5 mm, podendo atingir diversas camadas da pele.

 

Benefícios do Hidralips

Aumenta a regeneração e a elasticidade da pele, age nos danos causados pela radiação solar e estimula a cicatrização da pele. Vitamina A: também possui ação antioxidante, estimula a síntese de colágeno e elastina.

 

 

 

Meu nome é Angela Tiburski, sou especialista em Harmonização Orofacial, exerço minha profissão na Orto e Arte e dou aulas de preenchimento pelo país.

Abaixo algumas orientações pós-procedimento Hidralips com uso de caneta Dermapen:

  • Após o procedimento, geralmente, a região fica avermelhada, com aquecimento e leve inchaço por até três dias, devido ao processo inflamatório;
  • Também pode ocorrer descamação, porém a região não ficará com aspecto de machucada;
  • Evite ao máximo a exposição ao sol, pois os raios solares favorecem o surgimento de manchas nos pontos avermelhados ou arroxeados da pele. Tanto o calor como o frio em excesso podem interferir no processo de absorção do edema e manter o rosto inchado por mais tempo;
  • Não massageie o local da aplicação por pelo menos 6 horas depois de feito o procedimento. Isso inclui o uso de cremes de limpeza, protetor solar e maquiagem;
  • Passada às 6 horas após o procedimento, é importantíssimo o uso diário do filtro solar;
  • Ter uma alimentação saudável, rica em alimentos com colágeno, é essencial para manter os resultados do tratamento. Evite consumir açúcar, pois esse alimento contribui para o aparecimento de rugas. O cigarro é outro hábito nocivo que deve ser eliminado de sua vida.
  • Não adianta fazer o procedimento, investir em cremes e serums caros e manter uma rotina de hábitos nada saudáveis.
  • Lembre-se de comparecer ao retorno, é de grande importância para que eu possa avaliar como está evoluindo seu tratamento.

Compartilhe: